«Arsenal era, e é, o favorito»

Liga Europa 06-05-2021 09:28
Por Redação

Em desvantagem na eliminatória após o 1-2 em casa do Villarreal, golos de Manu Trigueros (5’) e Albiol (29’) para o clube espanhol e de Nicolas Pépé (73’ gp) para os gunners, o Arsenal, de Cédric Soares, acredita que estará no duelo agendado para 26 de maio, em Gdansk (Polónia), palco da final da Liga Europa.

 

«Se temos que perder, então o 1-2 é provavelmente o melhor resultado que podíamos ter. Estou confiante que temos hipóteses de vencer», começou por afirmar em conferência de imprensa o técnico do Arsenal, Mikel Arteta, 39 anos, salientando que jogar as meias-finais «é sempre um grande momento para os jogadores de qualquer clube»

 

Finalista em 2000 (derrota por 1-4 nos penáltis frente ao Galatasaray) e 2019 (novo desaire, agora diante do Chelsea, por 1-4), o Arsenal ambiciona, pois, que à terceira seja de vez. Mas para que tenha possibilidade de quebrar esse enguiço é preciso deixar o Villarreal pelo caminho.

 

E se o emblema do país vizinho não tem qualquer presença no jogo decisivo da competição, o treinador, Unai Emery, já conquistou a prova três vezes, todas pelo Sevilha (em 2014, 2015 e 2016).

 

«Vamos jogar em Londres com o mesmo plano da primeira mão, ou seja, tentar controlar o jogo e mostrar a nossa personalidade», admitiu o técnico de 49 anos, revelando estar «entusiasmado» com a partida de hoje. «Pese o resultado da primeira mão, o Arsenal era, e continua a ser, o favorito, mas vamos dar o nosso melhor», rematou Emery.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos