Dragões só cumpriram «parcialmente» o fair-play financeiro

FC Porto 07-08-2020 18:19
Por Pascoal Sousa

Em comunicado, a UEFA anunciou que o FC Porto vai continuar em regime de monitorização, mantendo-se a limitação de inscrição de jogadores nas provas europeias, no caso na Liga dos Campeões, bem como restrições em matérias de novas transferências. A decisão é a mesma da época passada. 

 

Explica a UEFA que o «FC Porto cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a temporada 2019-20. Como consequência, as medidas desportivas condicionantes previstas para o FC Porto, como as restrições de transferências e a limitação do número de jogadores na Lista A (competições europeias), continuarão a aplicar-se na temporada 2020/21.»

 

No primeiro semestre a SAD registou um prejuízo de 51,854 milhões de euros e, para além de não ter entrada na fase de grupos da Champions, a pandemia contribuiu seguramente para agravar essas contas. Resta ao FC Porto vender o máximo de ativos para obter um resultado de cerca de 100 milhões de euros em transferências. Até a SAD continuará sob monitorização da UEFA. 

 

Ler Mais
Comentários (145)

Últimas Notícias

Mundos