Câmbio da moeda dificulta ainda mais a renovação de Jesus

Flamengo 30-03-2020 00:15
Por Redação

Rodolfo Landim revelou que o quadro salarial exigido por Jorge Jesus era “muito além” daquilo que o mengão poderia pagar, e a ESPN revela agora o pedido do treinador: 7 milhões de euros anuais.

 

Além disso, o treinador português quer ainda bónus por competições conquistadas. Para comparar com os treinadores de todo o continente americano, Jorge Jesus subiria ao 19.º lugar, sendo o primeiro destacado no futebol, segundo o último artigo da revista Forbes sobre a temática. À sua frente estariam apenas técnicos da NFL (Futebol Americano), NBA (Basquetebol) e NCAA (Campeonato Universitário American).

 

Mas há outra questão que complica as contas para a continuidade do técnico: o câmbio da moeda. Em junho de 2019, quando Jesus chegou ao Brasil, 1 euro correspondia a 4,39 reais. Atualmente, o euro vale 5,70 reais. Esta desvalorização do real brasileiro deixa a corda ainda mais esticada para o emblema rubro-negro.

 

Recorde-se, o contrato atual de Jorge Jesus termina no próximo mês de junho, depois de um ano onde conquistou campeonato, Libertadores, Supertaça Brasileira e a Recopa.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (10)

Últimas Notícias