«Corte nos salários? Lógico, o clube tem mais de 1000 funcionários»

Bayern Munique 25-03-2020 17:30
Por Redação

Manuel Neuer, experiente guarda-redes do Bayern, vê como «lógica» a medida levada a cabo pelo clube de Munique – e que o Dortmund já repetiu – de cortar os salários dos jogadores em 20 por cento enquanto durar a interrupção dos campeonatos devido à pandemia do coronavírus. Tudo em prol dos funcionários do clube, que continuarão a receber os respetivos salários por inteiro.

 

«Nós, futebolistas profissionais, estamos num grupo privilegiado. É lógico que exista este corte financeiro se há essa necessidade. O Bayern tem mais de 1000 funcionários e muitos desempenham importantes funções dentro do clube. Como equipa, queremos ajudá-los», reiterou o germânico, em declarações ao Merkur.

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias