Sporar tem de puxar dos galões

Sporting 14-02-2020 11:41
Por Marta Fernandes Simões

A janela de transferências de inverno trouxe ao Sporting dois reforços, o avançado Andraz Sporar e o médio Francisco Geraldes (regressou ao clube depois de empréstimo ao AEK), estando os olhos centrados no esloveno, que custou €6 M, a segunda contratação mais cara da época (a seguir a Vietto).

 

O jogador não demorou a ser promovido à equipa leonina, aproveitando lesão de Luiz Phellype aos 15 minutos do encontro com o Marítimo, a 27 de janeiro, no entanto terá de provar por que razão os leões desembolsaram tal valor para resgatá-lo ao Slovan Bratislava - até porque a referência ofensiva do conjunto de Alvalade até à sua chegada, precisamente o avançado brasileiro que teve de ser operado na sequência de  rotura no ligamento cruzado anterior do joelho direito, custou... 700 mil euros (chegou proveniente do Paços de Ferreira).

 

Até ao momento, o internacional esloveno somou três jogos com a camisola verde e branca e ainda não se estreou a marcar, apesar de ao serviço da anterior equipa ter feito 21 golos em 26 partidas já esta temporada.

 

Em situação diferente está o outro reforço de inverno: Francisco Geraldes regressa a casa (sem custos, portanto) e após recuperar o ritmo competitivo - não jogava há quatro meses, tendo ido a jogo, no dia 8, pelos sub-23 - deve ser integrado por Jorge Silas.

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias