Lateral Nélson motiva ultimato a ex-presidente do Bétis

Benfica 19-11-2019 10:29
Por Redação

O conflito entre Manuel Ruiz de Lopera, presidente do Bétis entre 1996 e 2006, e o clube de Sevilha, a propósito da contratação do lateral Nélson ao Benfica, continua a dar que falar em Espanha.

 

Em dezembro de 2011, Lopera foi condenado a pagar 2,2 milhões de euros ao Benfica na qualidade de fiador da operação realizada em 2008. Um encargo que passou para o clube depois do acordo celebrado em 2017 para resolver o imbróglio com o Fisco espanhol, que penhorou as ações do ex-presidente na sequência de irregularidades detetadas nos exercícios de 1996 e 1997.

 

O Bétis tinha até janeiro de 2019 para libertar Lopera dessa dívida com o Benfica, algo que não aconteceu. Depois de ter recebido do clube da Luz um ultimato para o pagamento do valor em falta, Lopera avançou para o Tribunal de Primeira Instância de Sevilha com um processo contra o Bétis, considerando que este não tomou as devidas diligências para regularizar a situação com o Benfica.

 

Ao todo, entre dívida principal, juros e custos processuais, o Benfica exigiu a Lopera um valor de 1,9 milhões de euros, revela a imprensa local.

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias