Uma montra para o mundo ver

Moreirense 17-11-2019 09:46
Por Redação

Manuel Machado, 63 anos, não tem dúvida em repisar o tema e sublinhar a letra: «Um clube como o Moreirense terá sempre que investir na formação e na juventude para conseguir manter um espaço de mérito nos principais campeonatos.»


O antigo e histórico treinador dos cónegos diz-se mesmo um dos responsáveis pela aposta nessa política desportiva desde que, em 2000, assumiu pela primeira vez o comando da equipa. E, hoje, ao ver que o atual plantel, liderado por Vítor Campelos, apresenta sete atletas internacionais e ao serviço das respetivas seleções, atira de pronto: «Os critérios aquisitivos têm sido mais rigorosos, o que tem também valido, nas últimas épocas, a estabilização do clube na Liga.»


Nesse enquadramento, Manuel Machado admite que o emblema de Moreira de Cónegos tem sabido aproveitar «alguns jogadores africanos» que hoje são internacionais, e tudo, nota, «no âmbito de um trabalho de prospeção» mais atento e assertivo.


Ao dar-se conta de que o plantel agora treinado por Vítor Campelos acaba de fornecer sete futebolistas às equipas nacionais de vários países, incluindo os jovens Abdu Conté e Filipe Soares aos sub-21 de Portugal, o experiente técnico recusa qualquer surpresa e insiste.

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias