Judd encanta ante Higgins (6-3) para 2.ª final seguida em Belfast

Snooker 16-11-2019 17:07
Por António Barroso

Judd Trump, de 30 anos, número um da hierarquia e campeão mundial, é o primeiro finalista do Open da Irlanda do Norte, prova da época 2019/2020 da World Snooker pontuável para o ranking, a decorrer até domingo, dia 17 do corrente mês, no Waterfront Hall, em Belfast após vencer na tarde deste sábado o escocês John Higgins, de 44 anos, quinto da hierarquia e pentacampeão mundial (1998, 2007, 2009 e 2011) por 6-3, na primeira meia-final do torneio, ganho pelo inglês em 2018 (9-7 a Ronnie O’Sullivan na final).

 

Depois da final perdida da Champion of Champions e vitórias no World Open e International Championship, o ‘Ace in the Pack’ continua imparável e a mostrar laivos de genialidade. Neste dia, uma bola preta embolsada com efeito contrário (‘renversé’) na bola branca, a conseguir espalhar as remanescentes vermelhas, para o 5-3, até Higgins deixou incrédulo na cadeira só de ver.

 

Um duelo em que Higgins começou melhor (0-1), Judd virou (2-1) mas John, num jogo tático e com os dois uns furos abaixo do habitual até aí, voltou a vencer dois parciais de rajada, para ficar na frente por 3-2.

 

O escocês teve, no sexto parcial, a possibilidade de dar uma sapatada no marcador e fucir a Judd, com o 4-2 ao alcance. Falhou… e nenhum parcial mais ganhou, com Judd a desenhar pincelada inacreditável no pano na oitava partida, uma bola que não se esquece, para arrancar rumo ao 5-3… e fechar com centenária depois, o embate, na nona partida: 136 pontos, 6-3. Brutal.

 

Judd espera o vencedor da segunda ‘meia’ (19 horas), entre o inglês Ronnie O’Sullivan, de 43 anos, segundo da hierarquia e pentacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012 e 2013), e o compatriota Joe Perry, de 45 anos, 15.º da tabela.

 

O ‘Rocket’ ou o ‘Gentleman’ serão o rival de Judd na final de domingo, já à melhor de 17 parciais, em duas sessões: é compeão o primeiro a vencer nove (de 9-0 a possíveis 9-8). Mas na noite deste sábado O’Sullivan e Perry ainda vão jogar à melhor de 11 possíveis partidas, até um vencer seis (de 6-0 a possíveis 6-5) a meia-final remanescente.

 

A prova pontua para o ‘ranking’ e distribui prémios totais de 405 mil libras (472.956 euros), das quais 70 mil libras (81.746 euros) ao campeão e 30 mil libras (35.034 euros) ao vice-campeão – verba já garantida, no mínimo, por Judd - e é transmitida em direto para Portugal (EuroSport).

 

Meias-finais, este sábado (apurado a negro):

Judd Trump-John Higgins, 6-3

Joe Perry-Ronnie O’Sullivan (19 horas)

 

Final do Open da Irl. Norte, domingo:

Judd Trump-Vencedor do jogo Joe Perry/Ronnie O’Sullivan (13 e 19 horas)

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias