Secretário de Estado garante «punição direta» para combate à violência no desporto

Futebol 14-11-2019 16:47
Por Redação

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, garantiu, esta quinta-feira, que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto poderá evitar situações como a que resultou numa recente anulação do castigo imposto ao Benfica.

 

«Na próxima época desportiva, haverá (…) punição direta indiscutível, e inapelável de alguns comportamentos, nomeadamente, no que se refere aos grupos organizados e interferências de outras instâncias», referiu o governante, à margem da assinatura de um protocolo entre a Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) e o Comité Olímpico de Portugal (COP).

 

João Paulo Rebelo salientou que as alterações da lei «são de tal forma cristalinas» que não irão deixar margem para dúvidas, referindo-se à lei 39/2009, aprovada na anterior legislatura, que estabelece o regime jurídico da segurança e combate ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos

 

Na quarta-feira, o Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa absolveu o Benfica das penas de disputar um jogo à porta fechada, bem como do pagamento de uma mult de 56.250 euros, na sequência do relacionamento com grupos organizados de adeptos.

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias