«Podem perder esta vantagem, mas é bastante improvável…»

Liverpool 12-11-2019 19:14
Por Redação

Gary Neville, antigo jogador do Manchester United, aproveitou o seu podcast na Sky Sports Radio para tecer longuíssimos elogios ao Liverpool, dias após a vitória (3-1) sobre o Manchester City, que deixa a equipa de Jurgen Klopp destacadamente na liderança da Premier League.

 

«É preciso ser uma grande equipa para estar em duas finais da Champions seguidas, ganhar uma delas e ainda bater-se até ao fim contra o Manchester City na útlima temporada. O Liverpool está com uma qualidade de jogo de campeão e não é de agora, mas sim do último ano e meio. Sim, eles podem escorregar, podem perder esta liderança, o City pode dar a volta, ainda há o Leicester e o Chelsea, mas… É bastante improvável.

 

- O grande risco que correm será uma possível eliminação da Liga dos Campeões ou lesões em jogadores como o Mané, Salah ou Van Dijk. Como o City teve com o Laporte. Seria um verdadeiro problema perder um destes jogadores por vários meses. Mas, neste momento, tudo aponta para que eles sejam os grandes favoritos e vai ser difícil pará-los. No futebol, quando o triângulo adeptos-treinador-jogadores funciona, é muito poderoso. É um espírito difícil de quebrar.»

 

Para Neville, é grande a dor de ver o clube rival do Manchester United tão pujante.

 

«Dói-me muito ver isto, porque esta equipa do Liverpool tem muitas das qualidades das equipas do United em que eu estive. Não desistem, ganham jogos nos descontos, parecem desesperados para ganhar todas as bolas ao adversário e festejam cada golo como se fosse o último das vidas deles. É horrível, mas há que respeitar e reconhecer que é uma grande, grande equipa.»

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias