Baliza não convenceu Kyle Walker

Manchester City 08-11-2019 08:35
Por Redação

«Não esperava que a noite acabasse assim, mas acho que vou ficar-me por ser jogador de campo», brincou Kyle Walker no Twitter, horas depois de ter ido à baliza nos oito minutos finais do empate do Manchester City em Itália, frente à Atalanta - Ederson fora substituído ao intervalo com problemas físicos, Claudio Bravo foi expulso, o lateral-direito entrou para ser guarda-redes, segurou um livre direto à segunda e agarrou um cruzamento.

 

Uma exibição muito elogiada, nalguns casos, como o de Bernardo Silva, em tom de brincadeira.

 

«Kyle, nunca me senti tão seguro como nesta noite», escreveu o português nas redes sociais. Outro português do City, João Cancelo, mais a sério, destacou a coragem de Walker, em declarações à Sky Italia: «Mostrou grande atitude, foi além da obrigação dele pela equipa, era um momento difícil, precisávamos que alguém assumisse e o Kyle esteve muito bem.»

 

Pep Guardiola, o treinador, explicou a opção: «Foi-me sugerido por ser corajoso e rápido.»

 

Apesar disso, a experiência não é para manter. Guardiola disse que o problema de Ederson é muscular, mas Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, adversário do City no domingo, está certo de que o antigo benfiquista vai jogar.

 

«A cem por cento. É demasiado importante para o jogo deles», afirmou em entrevista à Sky.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias