«A situação que passei deu-me mais força»

Chaves 06-11-2019 10:33
Por Diogo Caldas

Uma segunda vida para André Luís. Depois do drama vivido na época passada, após um problema de saúde que o deixou em coma induzido - chegou a ter a vida em perigo -, o avançado brasileiro de 25 anos recuperou, preparou-se da melhor forma na pré-temporada e os resultados estão à vista. Já soma 10 golos esta época repartidos pelas três competições oficiais e é uma das figuras da equipa.    


Seria complicado pedir mais, após um período difícil e que não foi tornado público, mas que André Luís encarou com grande determinação. «A situação que passei só me fortaleceu, pois deu-me força para fazer mais e melhor», começa por desabafar André Luís, que aproveita para revelar uma meta que traçou juntamente com o departamento médico dos flavienses: chegar aos 20 golos. Uma brincadeira levada a... sério, pois metade desse ambicioso objetivo está alcançado.

 

«Tudo começou numa brincadeira com o Gualter e Rui Carvalho, os enfermeiros do clube que me desafiaram para fazer 20 golos e eu disse sempre que ia trabalhar para isso», conta o brasileiro.

 

Ao bisar na vitória frente ao Benfica B (3-1), no Seixal, André Luís aumentou para quatro o número de jogos a marcar consecutivamente, encontrando-se a apenas um golo de Roberto (Estoril), que, recorde-se, é o melhor marcador da Liga 2, com 8.

 

Na Taça de Portugal, já apontou dois golos e na Taça da Liga fez um na única partida que disputou, o que deixa André Luís com muita confiança. «O mérito é de toda a equipa, pois são eles que trabalham para que faça golos no momento certo. Chaves? Desde o primeiro dia que me sinto bem», diz o ponta de lança que tem contrato com os flavienses até 2022. 
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias