Pedro Proença admite erro no golo de Maicon

Futebol 23-10-2019 08:56
Por Hugo Forte

O atual presidente da Liga, Pedro Proença, esteve ontem no Congresso da Confederação da Indústria de Portugal (CIP), que decorreu no Estoril, e após ter sido questionado pelo moderador do painel, o jornalista Pedro Pinto, sobre o golo de Maicon, então no FC Porto, no Estádio da Luz, na época 2011/2012, admitiu que se equivocou nesse lance. «Se tivesse VAR, de certeza, não tinha cometido esse erro», garantiu, recordando os tempos em que era árbitro internacional. Este lance foi, na altura, muito contestado pela estrutura do futebol encarnado, por força do fora de jogo de Maicon no lance do golo que deu a vitória aos portistas (3-2).


Pedro Proença admitiu o erro e o diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques, não perdeu tempo a responder via Twitter. « Pedro Proença diz e muito bem que se na altura tivesse o apoio do VAR não teria validado o golo de Maicon. Pena que não tenha esclarecido os adeptos do futebol se também mudaria de opinião se o VAR o tivesse ajudado a ver o penálti de Cardozo, cometido minutos antes», começou por escrever, para depois adicionar vídeos com os dois lances: «Para que todos possam constatar que, ao contrário da propaganda, não houve só um erro, mas sim dois. Com o resultado em 2-2 e na sequência de um canto, Cardozo joga a bola com os dois braços, numa grande penalidade clara.» E acrescentou: «Seis minutos mais tarde Maicon marca de forma irregular, no segundo erro grave, um para cada lado. A propaganda ainda fala apenas e só neste lance e propositadamente esquece o outro, como esquece o facto do mesmo Pedro Proença ter sido barbaramente agredido no Colombo.»

Ler Mais
Comentários (105)

Últimas Notícias