Luís Castro diz que defesa adversária dificultou tarefa dos seus jogadores

Shakhtar Donetsk 22-10-2019 23:56
Por Redação

O português Luís Castro, treinador do Shakhtar, comentou o empate (2-2) diante do Dínamo Zagreb desta terça-feira, admitindo que a sua equipa devia ter marcado mais golos, apesar da defesa fechada do adversário.

 

«Nós tivemos muito mais posse de bola, mas quase o mesmo número de tentativas que o Dínamo. Com esta vantagem [na posse] devíamos ter feito mais [golos]. Com a defesa deles composta por cinco homens, fecharam o campo e dificultaram a nossa tarefa. Foi muito difícil abrir zonas nos últimos quinze minutos», explicou o técnico, de 58 anos.

 

«Fomos melhores na segunda parte, após algumas correções e alterações, o que ajudou a reavivar o jogo. A nossa reação [ao segundo golo do Dínamo] também foi muito boa. Ambas as equipas queriam ganhar e prosseguiram a mudar o controlo do jogo», concluiu.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias