Utilização de Luan, médio do Alverca, levanta dúvidas em Alvalade

Sporting 19-10-2019 10:23
Por Nuno Raposo

Atento e a seguir a situação. Assim está o Sporting em relação ao caso Luan, médio de 22 anos e autor do segundo golo na vitória do Alverca frente aos leões, que ditou o afastamento sportinguista da Taça de Portugal logo na primeira eliminatória aberta aos clubes da Liga.

 

Porque o brasileiro foi expulso no último encontro do Campeonato de Portugal, no passado dia 12 - 1-1 no terreno do Loures, em jogo da 7.ª jornada da Série D - e alinhou na quinta-feira, o jogo imediatamente a seguir.

 

À primeira vista, o jogador poderia jogar, tendo em conta o artigo 40.º, ponto 1, do Regulamento Disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol, que indica que o castigo é cumprido na mesma prova. Ou seja, e tal como remete o artigo 38 do mesmo regulamento, os jogadores que militam nas Liga e Liga 2 segue regulamentação autónoma, o Regulamento Disciplinar da Liga, que aponta que os castigos são para cumprir no jogo imediatamente a seguir, independentemente da competição, mas os jogadores do Alverca, porque no Campeonato de Portugal, estão sob a égide disciplinar da FPF, logo seguindo o referido artigo: se o castigo foi num jogo do Campeonato de Portugal, será cumprido na Campeonato de Portugal.

 

A dúvida que se levanta vem do artigo 38.º, «Da suspensão preventiva automática de agentes desportivos», que refere no ponto 1 que os «agentes desportivos ficam automaticamente suspensos preventivamente». Segundo avançam especialistas em Direito Desportivo por A BOLA contactados, por maioria de razão a suspensão preventiva deve ser aplicada na prova em questão.

 

Ainda assim, enquanto houver alguma sombra de dúvida e enquanto existirem incertezas de interpretação da lei, o gabinete jurídico dos verde e brancos permanece atento.

Ler Mais
Comentários (178)

Últimas Notícias