Sindicato dos jogadores lamenta morte de Jordão

Futebol 18-10-2019 13:32
Por Redação

O presidente do Sindicato dos Jogadores, Joaquim Evangelista, lamentou que tivesse morrido uma das referências de eleição do futebol português com a partida de Rui Jordão.

 

«Em meu nome pessoal e na qualidade de presidente da Direção do Sindicato dos Jogadores, manifesto o mais profundo pesar pela morte de Rui Jordão.

 

Na memória de todos, fica o jogador e o seu fantástico percurso desportivo, mas também o homem que ajudou a elevar o futebol português para um patamar superior. Na minha, em particular, fica aquele golo, de antologia, no Euro84, como que a antecipar a carreira criativa a que se viria a dedicar.

 

Há precisamente um ano, tive o prazer de privar com o Rui Jordão na exposição “Que a mente resista/Projeto de uma exposição/Palavras ditas”, da sua autoria, e conhecer mais um pouco deste ser humano excecional. Vi-o, pela última vez, na tribuna do Sporting Clube de Portugal onde regressou pela mão do amigo Manuel Fernandes. Jordão foi verdadeiro, amigo do amigo, distinto, um rasgo de inspiração no quotidiano desportivo.

 

A todos os clubes que representou, bem como aos seus familiares e amigos, endereço as mais sentidas condolências», disse Joaquim Evangelista.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias