Pulisic admite pressão extra ao jogar na Europa

Chelsea 16:32
Por Redação

Christian Pulisic, em declarações ao Player’s Tribune, diz sentir que o facto de ser um jogador americano a jogar na Europa gera pressão extra.

 

O internacional americano e atual médio do Chelsea, apesar de tido em grande consideração nos Estados Unidos, admite que o peso da expectativa possa pesar no seu desempenho e na busca por ser impor na equipa inglesa.

 

«(Ser um jogador americano na Europa) Faz-nos sentir muito bem ao início, para ser honesto, sentes-te ótimo, vês todas estas coisas, pessoas a falarem sobre ti nas redes sociais: ‘wow, este miúdo é incrível, ele é especial, ele joga, ele marca golos aos 17 e 18 anos de idade a nível internacional, ele joga pelo Dortmund na Europa.’ Tu sentes-te mesmo bem e depois a pressão começa a surgir e começas a sentir que tudo te atinge. Começam a esperar coisas vindas de ti. Esta geração consegue ser dura, especialmente para jovens jogadores. Gente a falar sobre ti, pondo cada vez mais pressão nas tuas costas.»

 

«Especialmente como americanos, não temos tido grandes talentos a nível internacional ao longo dos anos. Não foram muitos os americanos que se conseguiram impor na Europa e quando se é americano e se tenta mostrar no meio de todos estes jogadores europeus, que são jogadores de topo. Pode ser duro.»

 

Pulisic conta com sete jogos pelo Chelsea, tendo sido a 31 de agosto a última vez que integrou o onze inicial.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias