Benfica queria mas Marrocos não dispensa Taarabt

Benfica 10-10-2019 08:58
Por Nuno Paralvas

Adel Taarabt, internacional marroquino de 30 anos, faz apenas treino individual específico na concentração da seleção, mas não tem permissão para abandonar o grupo antes de dia 16, quarta-feira da próxima semana.

 

A garantia de que Taarabt não poderá voltar mais cedo a Portugal foi avançada pela federação marroquina. A seleção daquele país magrebino vai defrontar Líbia e Gabão em partidas de caráter particular a realizar amanhã e dia 15, respetivamente. O selecionador, Vahid Halilhodzic, bósnio de 67 anos, em conferência de Imprensa realizada ontem, falou sobre a condição de Adel Taarabt e explicou o benfiquista fez questão de viajar para Marrocos, mesmo condicionado. Os responsáveis clínicos das águias escreveram carta, que o jogador levou com ele, explicando a forma física em que o marroquino se encontra e aconselhando a dispensa da seleção, algo que acabou por não acontecer. «O Benfica tudo fez para manter Taarabt, mas o jogador insistiu em vir, mesmo não se treinando», disse o selecionador, que aguarda, no entanto, por uma recuperação rápida do futebolista, limitado na sua ação por questões relacionadas com fadiga muscular.

 

Taarabt tem sido muito utilizado pelos encarnados neste início de temporada (dez jogos e 673 minutos em campo) e com esse impulso conquistou igualmente espaço na seleção marroquina, onde não quererá perder o protagonismo recentemente recuperado. Na anterior paragem, em setembro, foi mesmo capitão da equipa num dos jogos realizados. Todavia, o esforço despendido justifica cautelas, até porque continua a ser peça nuclear para Bruno Lage, treinador do Benfica.

 

Apesar de chegar apenas dois dias antes do jogo para a Taça de Portugal, contra o Cova da Piedade, no dia 18, a ausência do internacional marroquino nem complica muito a vida do treinador benfiquista tendo em vista essa partida, uma vez que Taarabt não poderá jogar por ter de cumprir um jogo de castigo na sequência da expulsão com o V. Setúbal. Ou seja, terá depois ainda uma semana para recuperar do esforço que eventualmente possa fazer ao serviço dos Leões do Atlas tendo em vista a partida decisiva da Liga dos Campeões, na Luz, contra o Lyon.
 

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias