«É a mania que tenho de ser treinador-jogador…»

Sporting 21:08
Por Redação

Bruno Fernandes recusou a ideia de que é, neste momento, o jogador mais importante no plantel do Sporting.

 

«Sinto que tenho o mesmo peso de outros. Tenho funções mais ofensivas, de fazer e oferecer golo, e o golo tem mais peso. Sofrer golo também tem muito peso, e os nossos guarda-redes e defesas têm um papel muito importante nisso. Eu tenho um papel importante do meio-campo para a frente e também tenho responsabilidades defensivas. As responsabilidades são repartidas por toda a equipa», resumiu na zona mista após o jogo da Liga Europa com o PSV, que os leões perderam por 2-3.

 

Questionado sobre as instruções que dá em campo aos companheiros de equipa: «É a mania que tenho de ser treinador-jogador. Está no meu instinto, é natural. Não é uma repreensão para os meus colegas, nem sou eu a querer ser mais do que tenho de ser. Quando estou em campo tento ter a visão do jogo por completo e ajudar os meus companheiros. Ser treinador no futuro? Quem sabe.»

Ler Mais
Comentários (37)

Últimas Notícias