Justiça absolve ex-responsáveis da central nuclear de Fukushima

Japão 19-09-2019 11:16
Por Redação

Os três responsáveis da central japonesa de Fukushima, que estavam acusados de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear em 2011 foram absolvidos.

 

O tribunal distrital de Tóquio decidiu que o ex-presidente da Tokyo Electric Power (TEPCO) Tsunehisa Katsumata, de 79 anos, e dois antigos executivos da operadora Sakae Muto e Ichiro Takekuro não são culpados pelas consequências do desastre nuclear que ocorreu após um sismo de magnitude de 9,1 ao largo da costa do Japão.

 

Em 2017 os três altos dirigentes da central nuclear pediram desculpa, mas afirmaram que não era possível antecipar o acidente nuclear, provocado pelo forte sismo seguido de um ´tsunami´, a 11 de março de 2011.

 

De acordo com as autoridades japoneses morreram 15 894 pessoas e mais de 2 500 foram dadas como desaparecidas.

Ler Mais

Últimas Notícias

Mundos

África