«Há a perceção que os treinadores negros não são bons»

Inglaterra 16-09-2019 16:21
Por Redação

Antigo internacional inglês, tendo-se destacado ao serviço do Liverpool, Emile Heskey, 41 anos, lamenta a falta de oportunidades para iniciar a carreira de treinador. Na sua opinião, deve-se muito à cor da sua pele.

«Muita gente diz ‘vai e mostra os teus troféus como jogador’. Suponho que há a perceção que os treinadores negros não estão prontos para esse trabalho», disse Heskey, citado pela edição online do jornal The Times.

«Não sei dizer porque os treinadores de cor têm de estar em baixo, enquanto outros podem chegar e ficam logo com os empregos», prosseguiu o antigo avançado, questionado sobre os casos de Frank Lampard (assumiu o comando do Chelsea, apenas um ano depois de ter iniciado a carreira no Derby County) e também de Steven Gerrard (Glasgow Rangers): «Só posso dizer que se deve à cor da pele.»

«Também poderia pensar nos títulos conquistados, mas Sol [Campbell] tem mais do que Gerrard. O Ashley Cole tem mais do que eles, foi o melhor jogador da sua geração e também só está a trabalhar nos sub-15 do Chelsea», rematou.

Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias