Algarvios desconfiam de sabotagem e anunciam queixa do jogo com o FC Porto

Portimonense 16-09-2019 13:41
Por Redação

Theodoro Fonseca, acionista maioritário do Portimonense, reforçou críticas à arbitragem no jogo com o FC Porto, garantindo que vai avançar com queixa nas entidades competentes.

«O árbitro não esteve bem, nem os fiscais de linha nem o quarto árbitro e o VAR, especialmente no lance do penálti. A bola não toca na mão, mas no peito. O VAR dá o penálti e fico muito triste porque é uma situação que já não depende só de nós. Podemos trabalhar a semana inteira e depois sermos prejudicado por situações extra campo», começou por dizer Theodoro Fonseca, em declarações à Renascença.

O empresário vai mais longe e assume que vai apresentar queixa na Liga. «Vamos apresentar queixa para que isto não aconteça mais. Não é porque o Portimonense perdeu para o FC Porto. Vamos fazer uma reclamação em prol do futebol português», vincou.

Theodoro Fonseca falou ainda sobre o mau estado do relvado, que nos últimos tempos até vinha a ser considerado um dos melhores da Liga. «Acreditamos que pode ter havido uma sabotagem no relvado. Não percebemos como pode ficar assim em tão pouco tempo. Estamos com as câmaras ligadas minuto a minuto para perceber o que pode ter acontecido», disse.

Ler Mais
Comentários (333)

Últimas Notícias