Antigo jogador do Barcelona condenado a dois anos e oito meses de prisão

Turquia 11-09-2019 18:56
Por Redação

O médio turco Arda Turan, que passou por Atlético Madrid e Barcelona, representando atualmente o Basaksehir, foi condenado a dois anos e oito meses de prisão, com pena suspensa, por ter disparado num hospital uma arma para a qual não tinha autorização legal.

 

O internacional turco não terá, assim, de cumprir prisão efetiva, a não ser que cometa qualquer delito nos próximos cinco anos, tendo sido tomado ainda em consideração o facto de ter aceitado não recorrer da sentença.

Os factos remontam a outubro de 2018, quando Turam se envolveu numa discussão com o cantor popular Berkan Sahin.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias