Queiroz sai em defesa de Maradona

Argentina 11-09-2019 12:02
Por Redação

Face aos inúmeros ataques a Diego Maradona, recentemente nomeado treinador do Gimnasia La Plata, Carlos Queiroz veio a público defender o argentino, uma lenda viva do futebol mundial.

 

«Temos de cuidar de Maradona. Quando falamos de alguém com o prestígio e reputação dele, estamos a falar da memória individual e coletiva do futebol. São jogadores com Messi, Ronaldo ou Figo que fazem a memória coletiva do futebol. É nossa responsabilidade, de treinadores, jogadores e Imprensa, respeitar as pessoas que são o futebol porque são eles que trazem alegria às pessoas», começou por dizer o português que ocupa atualmente o cargo de selecionador da Colômbia.

 

«Desejo a Maradona as maiores felicidades como treinador. Ele sabe perfeitamente que é mais difícil ser-se treinador do que jogador», rematou.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias