Salvio entre vários burlados por funcionária das finanças

Espanha 10-09-2019 00:21
Por Redação

Trata-se do maior escândalo em Espanha envolvendo o mundo do desporto e as finanças. Uma alta funcionária da Agência Tributária, com a ajuda do seu marido e mais dois advogados, ter-se-á apropriado de 6,2 milhões de euros que eram devidos a vários jogadores estrangeiros que atuaram naquele país.

O diário espanhol El Mundo divulga alguns dos jogadores burlados, destacando-se os nomes do argentino Salvio (ex-Benfica e que jogou no Atlético Madrid), do brasileiro Elias (ex-Sporting que em Espanha também jogou pelos colchoneros) e dos franceses Sinama Pongolle (com o mesmo percurso que Elias) e Aly Cissokho (ex-FC Porto que representou o Valência).

O esquema, de acordo com o El Mundo, passava por fazer o pedido à Agência Tributária do pagamento dos valores que deveriam ser restituídos aos jogadores após a entrega das respetivas declarações anuais de impostos.

Solicita-se, agora, uma pena de 11 anos de prisão por burla, falsidade e uso de informação privilegiada contra Leonor Sánchez-Caballero, na altura responsável pela Dependência Adjunta de Assistência e Serviços Tributários.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias