Xangai Masters arranca de madrugada: regresso de Ronnie centra atenções

Snooker 08-09-2019 22:29
Por António Barroso

A época 2019/2020 do circuito profissional da World Snooker prossegue dentro de quatro horas, quando forem 2.30 horas de segunda-feira, dia 9 do corrente mês, em Portugal continental, com o início dos jogos do Xangai Masters, na cidade chinesa, que se prolongará até domingo, dia 15 do corrente mês, com o aliciante da estreia na temporada do inglês Ronnie O’Sullivan, de 43 anos, número dois da hierarquia e pentacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012 e 2013), além de todos os ases presentes, a começar pelo campeão mundial e número um do ranking, o seu compatriota Judd Trump, mas também com Mark Selby, o galês Mark Williams – ambos tricampeões mundiais - o escocês John Higgins (tetracampeão mundial) ou o australiano Neil Robertson.

 

Terça-feira, precisamente 140 dias - quatro meses e meio - após a deceção no Mundial (derrota por 8-10 ante James Cahill), o Rocket volta a competir, o que será raro esta época… e numa prova em que todos os grandes ases do pano verdes marcam presença. Ronnie estreia-se em Xangai quando forem 12.30 horas em Lisboa ante vencedor do duelo entre o compatriota Ali Carter e o chinês Zhang Yi - que recebeu convite (wild card) da organização -, a jogar-se na segunda-feira. O’Sullivan venceu três vezes em Xangai: tenta quarto triunfo, terceiro de rajada. Em 2018, venceu o compatriota Barry Hawkins por 11-9 na final.

 

Stephen Maguire quererá confirmar a boa forma que já lhe valeu esta época a Taça das Nações (com John Higgins) para a Escócia, e, ainda sábado, dia 7 do corrente mês, o Mundial de 6 Vermelhas, em Banguecoque. Mas acima de todos está Judd Trump, que entrou em 2019/2020 como saíra em 2018/2019 (campeão mundial): a ganhar, o International Championship. Acima de tudo, com todos os ídolos do taco e desta variante do bilhar presentes, será o primeiro medir de pulso de todos à concorrência e forte indicador para o que poderá suceder doravante na presente temporada.

 

O Xangai Masters, na China, é uma prova da época 2019/2020 do circuito profissional da World Snooker, que não pontua para o ranking: é um evento por convite a 24 jogadores, que atribui 750 mil libras (835.338 euros) de prémios, das quais 200 mil libras (222.757 euros) ao vencedor, com transmissão televisiva para Portugal (EuroSport).

 

Até aos quartos de final (inclusive) os jogos são à melhor de 11 possíveis frames: vence o primeiro a chegar a seis (de 6-0 a possíveis 6-5). As meias-finais em Xangai são disputadas à melhor de 19 possíveis partidas, até um ganhar dez (de 10-0 a possíveis 10-9), enquanto a final, domingo, dia 15 do corrente mês, será à melhor de 21 possíveis frames: é vencer 11 (de 11-0 a possíveis 11-10).

 

Jogos da 1.ª ronda (hora de Lisboa):

Shaun Murphy-Lyu Haotian (2.ª feira, 2.30 horas)

Jack Lisowski-Wu Yize (2.ª feira, 2.30 horas)

Ali Carter-Zhang Yi (2.ª feira, 7.30 horas)     

Barry Hawkins-Yan Bingtao (2.ª feira, 7.30 horas)

Stephen Maguire-Xiao Guodong (2.ª feira, 12.30 horas)

Ding Junhui-Zhao Jianbo (2.ª feira, 12.30 horas)

Stuart Bingham-Liang Wenbo (3.ª feira, 2.30 horas)

David Gilbert-Cao Jin (3.ª feira,, 2.30 horas)

 

Oitavos de final, 3.ª e 4.ª feira (hora portuguesa):

Mark Williams-Vencedor do jogo Shaun Murphy/Lyu Haotian (3.ª feira, 7.30 horas)

Mark Selby-Vencedor do jogo Jack Lisowski/Wu Yize (3.ª feira, 7.30 horas)

Ronnie O'Sullivan-Vencedor do jogo Ali Carter/Zhang Yi (3.ª, 12.30 horas)

Kyren Wilson-Vencedor do jogo Stephen Maguire/Xiao Guodong (3.ª feira, 12.30 horas)

Mark Allen-Vencedor do jogo Stuart Bingham/Liang Wenbo (4.ª feira, 7 horas)

Judd Trump-Vencedor do jogo David Gilbert/Cao Jin (4.ª feira, 7 horas)

John Higgins-Vencedor do jogo Barry Hawkins/Yan Bingtao (4.ª feira, 12.30 horas)

Neil Robertson-Vencedor do jogo Ding Junhui/Zhao Jianbo (4.ª feira, 12.30 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias