Semenya passa das pistas de atletismo para os relvados de futebol

Atletismo 06-09-2019 17:05
Por Redação

Aos 28 anos Caster Semenya decidiu investir numa carreira como futebolista. Bicampeã olímpica dos 800 metros, a atleta encontra-se impedida de competir nos Mundiais de Doha uma vez que produz testosterona num nível acima do limite permitido a atletas femininas pela Federação Internacional.

 

De forma a ser autorizada a competir, Semenya terá de ser submetida a um tratamento durante seis meses que reduza o nível de testosterona no sangue a um nível que não lhe permita ter «vantagem competitiva». Situação que a sul-africana se recusou a fazer, submetendo um processo ao Tribunal Arbitral do Desporto.

 

Enquanto não se conhece a decisão, Semenya revelou que vai tentar a carreira como jogadora de futebol. A atleta de 28 anos começou a treinar no JVW FC da África do Sul e espera estrear-se a nível competitivo na próxima temporada, uma vez que não pode ser inscrita para a temporada 2019 devido ao fecho do mercado.

 

«Estou grata por esta oportunidade e espero pode retribuir a todos aqueles que tornaram possível a minha presença aqui» revelou ao site do clube.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias