Dispensa de Quaresma deixa FC Porto em alerta

Turquia 25-08-2019 16:01
Por Hugo Forte

Ricardo Quaresma, 35 anos, foi dispensado do Besiktas e procura agora colocação até fecho do mercado, com o FC Porto em alerta sobre esta situação.

 

A notícia da saída do clube turco foi dada pelo próprio jogador, na sua conta na rede social Instagram. «Acabo de ser informado pelo presidente do clube de que não querem que faça mais parte da equipa e continue a jogar. Estou a trabalhar para resolver a situação e nos próximos dias vou anunciar o meu futuro em conferência de imprensa. Obrigado a todos pela compreensão e apoio», escreveu.

 

Pouco depois, o Besiktas, em comunicado oficial, confirmou a  decisão e foi ainda mais longe. «Após uma reunião, informámos o Ricardo Quaresma de que não vai fazer parte da equipa para a nova temporada. O jogador está autorizado a procurar um novo clube até ao fecho do mercado. Caso não apareça ninguém interessado, vai continuar a trabalhar à parte até ao final da temporada», pode ler-se.

 

O jogador tem contrato com o emblema do Bósforo até final da temporada, pelo que a saída terá de ser negociada, uma vez que o jogador recebe cerca de dois milhões de euros líquidos por temporada.

 

O nome de Ricardo Quaresma há muito que está em cima da mesa do FC Porto, sem que tenham existido avanços significativos durante os últimos tempos. No entanto, a notícia da dispensa, o que facilita sempre as negociações para quem adquire o passe do jogador, pode alterar este caminho.

 

Neste processo, o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, terá sempre uma palavra a dizer, sabendo-se que existe uma forte ligação sentimental do extremo ao FC Porto e aos seus adeptos. Os próximos dias devem trazer uma clarificação sobre este assunto.    

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (30)

Últimas Notícias