«Temos que ser perfeitos frente ao Sporting»

Portimonense 24-08-2019 11:38
Por João José Pedro

O avançado brasileiro Iury Castilho estreou-se a marcar ao terceiro jogo oficial pelo Portimonense, deixando a sua marca na vitória (2-1) frente ao Tondela. Um golo que contribuiu para aumentar a confiança de Castilho, determinado a não passar despercebido em Portugal.


«Foi um golo especial, pois o primeiro fica sempre na memória. E ajudou a equipa a conquistar a vitória. Estou muito feliz, trabalhei imenso em busca deste momento», revelou o brasileiro, que aponta, agora, ao duelo com o Sporting, já amanhã. «Os golos motivam todos os jogadores e aumentam a confiança. Estou confiante e a trabalhar para que seja o primeiro de muitos com a camisola do Portimonense, visto que estou a trabalhar com dedicação, ambicionando uma grande época em termos pessoais e coletivos.»


Focado no jogo com o Sporting, Castilho não poupa elogios ao adversário. «Vamos defrontar uma equipa qualificada, composta por excelentes jogadores e que a qualquer momento podem fazer a diferença. Como nós também temos uma grande equipa, mas temos ser perfeitos do primeiro ao último minuto para não cometermos erros, para ultrapassarmos com sucesso as muitas dificuldades», diz o jogador, falando novamente em... golos. «Claro que estou pronto para marcar, apesar do mais importante ser o coletivo. Vou lutar para realizar outro grande jogo e ajudar a equipa nos objetivos. Vamos fazer tudo para vencer, reconhecendo que não será fácil repetir o resultado da época passada [4-2].»


A terminar, o brasileiro não se mostrou pressionado pela iminente concorrência de Jackson Martínez, goleador colombiano que está pela primeira vez à disposição do treinador, António Folha: «Estamos a falar de um grande jogador, avançado de alto nível, com enorme história no futebol mundial. O importante é que estamos todos a remar para o mesmo lado e ele está pronto para ajudar. Todos queremos o melhor para o clube,  batalhando por um grande ano para a equipa.»                

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias