Hospital de Faro abre inquérito a transferência de grávida para Lisboa

Saúde 07-08-2019 14:49
Por Redação

Uma grávida, com 32 semanas de gestação, foi transferida do Hospital de Faro para o Amadora-Sintra, onde foi submetida a uma cesariana. O bebé morreu logo após o nascimento e o Hospital de Faro vai abrir um inquérito à transferência, refere a TVI24.

 

A mulher de 23 anos tinha indicação para realização de um parto prematuro devido a um quadro de pré-eclâmpsia - hipertensão e de descolamento da placenta - que podem significar risco de vida para a mãe e para o bebé. A necessidade de uma incubadora para o bebé, em falta em Faro, terá sido a justificação para a transferência. 

 

 

 

Ler Mais

Últimas Notícias