Pochettino tenta convencer Bruno Fernandes

Sporting 07-08-2019 10:17
Por Marta Fernandes Simões

Em vésperas do fecho do mercado em Inglaterra, intensificam-se as questões em torno da saída de Bruno Fernandes de Alvalade para a Premier League, perante a pressão de Tottenham e Man. United. Os spurs estão na pole position da corrida ao capitão leonino, no entanto as divergências que se mantêm em relação aos valores da transferência têm adiado o negócio.

 

Depois de a administração leonina ter recusado três propostas do Tottenham - ainda em terras de sua majestade foi formalizada uma oferta de 45 milhões de euros, depois, em Lisboa, outras duas, de €55 M e €60 M -, os responsáveis do clube inglês subiram a parada, tentando convencer a SAD verde e branca com um montante a rondar os 65 milhões de euros. Neste caso, a intenção seria o pagamento de 50 milhões de euros, mais objetivos, entendendo os spurs que se trata de uma boa proposta pelo internacional português de 24 anos. No entanto, entendimento diferente tem o Sporting, que não parece pretender abrir mão do jogador sem receber €70 M... a pronto.

 

O diferendo arrasta-se assim em vésperas de fechar a janela de verão do mercado de transferências em Inglaterra e as derradeiras tentativas de convencer Bruno Fernandes a rumar à liga inglesa terão contado com a participação de Mauricio Pochettino.

 

O treinador do Tottenham contactou o camisola 8 dos leões para lhe dar conta do seu interesse em contar com ele no plantel para a temporada que está a começar, elogiando as suas capacidades dentro das quatro linhas. Para o jogador natural da Maia o Tottenham tem reservada uma tentadora proposta de cinco anos de contrato, com valores de €4 milhões por ano. Faltará convencer os responsáveis do Sporting no curto espaço de tempo que resta, algo que também poderá estar a ser gerido pelos ingleses... sabendo da necessidade que os leões têm de garantir encaixe, dada a delicada situação financeira em que se encontram. Certo é que uma eventual ida para Inglaterra terá de ser consumada até esta quinta-feira.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (101)

Últimas Notícias