«No FC Porto tinha tudo mas queria representar um grande»

Atlético Madrid 14-07-2019 10:16
Por Redação

Depois de seis anos de dragão ao peito, Héctor Herrera decidiu abraçar um novo desafio na carreira. Até 2022, vai jogar em Espanha ao serviço do Atlético Madrid. Um sonho antigo.

 

«O conforto não é bom. E sou uma pessoa de desafios. Sabia que vir para aqui não iria ser fácil. No FC Porto tinha tudo. A minha família estava superadaptada, era capitão… Mas queria crescer, vir para esta liga. Para mais para uma equipa como o Atleti. Quero fazer coisas importantes aqui. A vida deve ser feita de sonhos. E eu persigo-os», sublinhou o médio mexicano, em entrevista ao jornal AS.

 

«Convenceram-me de que podia ser importante. Queria estar num grande, num clube histórico como o Atleti e que, futebolisticamente falando - porque a minha decisão é futebolística - me fez deixar o FC Porto», explicou.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (118)

Últimas Notícias