«Fez-se justiça e abriram-se novamente as portas da Câmara Municipal ao FC Porto»

FC Porto 12-07-2019 18:52
Por Redação

Depois de um interregno de 19 anos, a Câmara Municipal do Porto voltou a engalanar-se para receber as celebrações do título de campeão nacional do FC Porto em 2017/2018. Rui Moreira, presidente da autarquia, diz que se fez justiça ao «maior clube da cidade.»

 

«Não por acaso, no ano passado fez-se justiça e abriram-se novamente as portas da Câmara Municipal ao FC Porto ao fim de 19 anos, porque essa é a atitude esperada e exigida ao Município, junto de quem eleva o nome da cidade do Porto no mundo», destacou o edil, citado pelo site do FC Porto, acrescentando: «É o maior clube da cidade e, ao longo da sua história centenária, é a instituição que mais tem contribuído para projetar o nome da cidade do Porto no plano internacional.»
 

«O ADN do FC Porto confunde-se também com o da própria Invicta: uma cidade orgulhosa em si mesma, que não verga perante as adversidades e sem medo do futuro. Por tudo isto, reconhece-se ao FC Porto o papel de embaixador da cidade no mundo», enfatizou Rui Moreira.

 

Este sábado, a Praça Gomes Teixeira, junto à Reitoria da Universidade do Porto, será palco da sexta edição do ‘FC Porto na Baixa’, evento que servirá para apresentar os equipamentos para a nova época.
 

«Qualquer que seja a filiação clubística dos portuenses, o ‘FC Porto na Baixa’ é já um evento muito aguardado pela cidade. A iniciativa tem o mérito de juntar, em pleno centro do Porto, milhares de portistas, quer sejam habitantes da cidade quer sejam adeptos do clube que vivam nos arredores do Grande Porto. À sexta edição, podemos assumir ainda que o evento está enraizado e que a iniciativa já faz parte da tradição do início de uma nova temporada desportiva, naturalmente contribuindo para aquela que é a dinâmica de uma cidade que se quer interessante e cativante», sublinhou o edil.
 

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (38)

Últimas Notícias