«Algumas polémicas são verdadeiras, outras nem por isso…»

Rio Ave 03-07-2019 16:46
Por Redação

A iniciar os preparativos para a época 2019/20, António Silva Campos, presidente do Rio Ave, lançou um apelo tendo em conta as polémicas que marcaram o futebol português nas últimas épocas.

 

«Temos de valorizar o nosso futebol. Vamos lutar para que o futebol seja dignificado e com resultados dentro do campo. Há muitas polémicas - umas verdadeiras, outras nem por isso. Não queremos alimentar essas polémicas. Temos que acreditar que as pessoas que dirigem o nosso Futebol são competentes. Temos que pensar em nós e deixarmos de nos criticar uns aos outros porque isso não nos leva a lado nenhum», referiu o líder do clube após o terceiro treino de preparação para a nova temporada, que tem objetivos definidos:

 

- A principal perspetiva é continuar o que tem sido feito nas últimas épocas. Terminámos a época no sétimo lugar da época, consideramos que se podia ter feito mais, mas temos que aceitar. O Rio Ave é um clube que quer ficar sempre nos oito primeiros lugares e lutar pelo acesso à Europa. Esse paradigma não foi alterado nas últimas épocas e queremos continuar nessa senda.

 

Para ajudar nessa afirmação, o clube apostou em Carlos Carvalhal para orientar a equipa: «Sabemos que é um treinador consagrado e com currículo deveras importante e com qualidade. É um técnico muito ambicioso e acreditou no projeto do Rio Ave. É uma responsabilidade grande para ele e para nós, mas deve ser uma aposta certa. Foi uma surpresa para muita gente, mas ele acreditou no nosso projeto e espero que seja feliz, o que seria bom para o clube e para ele. O discurso que tem tido é de vencer jogo a jogo e será com essa ideologia que estaremos sempre mais perto dos lugares que dão acesso à Liga Europa. Não é por acaso que nas últimas cinco épocas fomos três vezes à Europa.»

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias