«Se Mourinho fez aquilo a um adjunto dele, imaginei o que nos iria fazer...»

Chelsea 02-07-2019 16:12
Por Redação

Em 2004, José Mourinho aterrou em Stamford Bridge como o Special One. Robert Huth, defesa alemão, fazia parte do plantel do Chelsea e, em conversa com o Daily Star, confessou alguma surpresa com a postura do técnico que tinha acabado de vencer uma Liga Europa e uma Liga dos Campeões com o FC Porto.

 

«Lembro-me perfeitamente de uma das primeiras sessões com ele. Preparou um exercício de posse e, por qualquer motivo, um adjunto dele mandou a bola mal para nós. O Mourinho parou o treino de imediato e virou-se para o preparador de uma forma muito ríspida: 'isso foi uma m…., concentra-te!'. Surpreendeu todo o plantel. Se ele respondeu assim a um adjunto, imaginei o que nos iria fazer..», desabafou o central germânico.

 

Robert Huth acabou por fazer duas temporadas no Chelsea com o treinador português, onde conquistou dois campeonatos. Nessa altura faziam parte da equipa técnica os portugueses Rui Faria e Silvino Louro, o brasileiro Baltemar Brito e o escocês Steve Clarke.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias

Mundos