Reginaldo: «Quando saí de Portugal dei um passo atrás para dar dois em frente»

Moçambique 19-06-2019 09:04
Por Álvaro da Costa, Maputo 

Reginaldo Faite, internacional moçambicano com a camisola dos Mambas, admite que quando deixou o futebol português com destino a Albânia fé-lo com alguma desconfiança por ser um país de todo desconhecido. Mas agora quando olha para as 3 épocas no futebol albanês onde representou o Laçi , duas épocas, e na última o Kukesi FK, faz uma balanço positivo.

 

«Na vida as vezes é preciso dar um passo atrás para dar dois a frente, e realmente ao sair do futebol português para o albanês foi o que me aconteceu. Após uma época de adaptação, em que tive que aprender a língua (albanesa), visto que ninguém falava português e eram poucos os que falavam inglês. Foram muitas as dificuldades, mas consegui superar e ser o melhor marcador na última temporada», disse.

 

De salientar que Reginaldo foi o melhor marcador da Liga Albanesa com 14 golos e marcou o golo que deu a Taça da Albânia ao Kukesi.  O facto é que as boas exibições abriram portas em outros campeonatos mais competitivos. De acordo com o jogador, ex Nacional da Madeira e Santa Clara, o Campeonato grego e turco são opções válidas.

 

De férias em Moçambique, o avançado que se projetou para o futebol europeu ao serviço da Liga Desportiva de Maputo , está neste momento com os pés no cube albanês, mas uma boa proposta pode fazê-lo rumar para outras paragens.

 

Ler Mais

Últimas Notícias