«Tivemos treinos a acabar em confrontos»

Basquetebol 19-06-2019 07:35
Por Guilherme Matos

No rescaldo de mais uma grande época da UD Oliveirense, que juntou ao palmarés mais um campeonato, uma Taça da Liga e uma Supertaça, A BOLA falou com um dos obreiros do título. José Barbosa, o capitão e n.º 6 da equipa, fez o balanço da época, destacando os momentos altos e baixos de um grupo sempre capaz de se unir e mostrar o caráter vencedor.

 

A época brilhante que culminou na conquista do bicampeonato também teve momentos menos bons. Qual a receita para ultrapassar esses momentos, sobretudo uma equipa que tem como mote a União?

 

A verdade é que houve mais momentos negativos do que à partida se possa pensar. Mas nem os posso considerar negativos, porque nos ajudaram a crescer. Posso dizer que houve discussões entre nós que se resolveram com frontalidade. Momentos na época em que sentimos que não caminhávamos na direção certa. Mas demos a volta a isso. Esses pequenos momentos, essas discussões, aconteceram para o bem da equipa. Não é tudo cor de rosa, neste nível as coisas não funcionam dessa forma, mas os problemas resolvem-se com frontalidade.

 

Em que momento sentiu a equipa mais... perdida?

 

Por incrível que pareça esse momento não surgiu a seguir à final da Taça de Portugal, onde o ambiente ficou mais pesado pela desilusão da derrota. Os piores momentos surgiram, sim, na semana da Taça da Liga. A agressividade nos treinos estava para lá do limite... Eram treinos que acabavam sempre em confrontos. Mas chegámos ao fim de semana com um entrosamento e confiança tais, que nos permitiram vencer o Porto e o Benfica sem margem para dúvidas. Na semana seguinte, que antecedia novo jogo com o Benfica e que decidia a liderança da Liga, chegámos a treinar com as seniores femininas. As lesões e os condicionamentos não nos deixavam ter o plantel completo, pelo que recorremos à equipa feminina e aos sub 18, preparando os treinos exatamente da mesma forma. Quando falamos de adversidades e de nunca virar a cara à luta, falamos também destes momentos, que nos reforçam o caráter!

 

Leia a entrevista na íntegra na edição impressa de A BOLA desta quarta-feira

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias