Jardel e as drogas: «Fazia nas férias, para evitar os controlos antidoping»

Brasil 17-06-2019 23:25
Por Redação

Além dos golos, Mário Jardel acabou por se destacar devido a algumas polémicas fora do relvado. Em entrevista ao canal de youtube pilhado, o avançado ex-FC Porto e Sporting admitiu um passado de drogas quando estava no futebol europeu.

 

«Entrei por curiosidade. Estava a jogar futebol na Europa, conheci umas pessoas e ofereceram-me. Comecei a fazer com regularidade nas férias, porque durante a época tinha os controlos antidoping. É um dos problemas do futebol, tens muito dinheiro e existem muitas armadilhas, más amizades, tentação e curiosidade», começou por desabafar, assumindo ser um consumidor assíduo de cocaína.

 

No entanto, Super Mário admite estar afastado e revela como foi essencial a ajuda da mulher.

 

«Estou livre dessas coisas más e a minha esposa foi essencial nisso. Esteve ao meu lado até em coisas simples. Quando ia a festas levava-a sempre, porque nesses ambientes é mais provável de acontecer, sobretudo com a bebida que puxa muito. Agora quero passar uma boa imagem para os meus filhos, fazer algum trabalho social e dar palestras para que os mais novos não caiam nos mesmos erros que eu», concluiu.

 

Formado no Vasco da Gama, Jardel chegou ao futebol europeu por intermédio do FC Porto. Pelos dragões fez 168 golos em 175 jogos, acabando por se mudar para a Turquia. Depois de um ano no Galatasaray seguiu-se novo período de sucesso no futebol português, ao serviço do Sporting (67 golos em 62 jogos). Terminou a carreira em 2011 no Al Taawon, da Arábia de Saudita.

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias