Tomás e Nuno Tavares são o futuro nas laterais

Benfica 17-06-2019 10:26
Por Rui Miguel Melo

Quando o Benfica começou a preparar a época 2019/2020, o plano inicial passava pela contratação de, pelo menos, dois laterais. A valorização de Alejandro Grimaldo (54 jogos, sete golos) e o apagão de Yuri Ribeiro fizeram do flanco esquerdo o prioritário para receber reforços. No flanco contrário, a ideia passava por contratar um jogador que fosse alternativa a André Almeida, mas que não parasse a ascensão de Tomás Tavares e João Ferreira, dois laterais-direitos da formação.


Mas, entretanto, o Benfica mudou de ideias. O plano atual passa por só contratar um lateral-esquerdo no caso de Grimaldo sair, e apostar em dois jogadores da cantera. «Os futuros laterais do Benfica estão dentro do clube», afirmou o presidente Luís Filipe Vieira, esta semana, à Renascença. Os holofotes nos dois Tavares, Tomás e Nuno, o futuro das alas.

 

Nuno Tavares, 19 anos, está mais avançado. O lateral-esquerdo vai fazer a pré-temporada com a equipa principal. Com ele vão também o central Pedro Álvaro e os médios David Tavares e Tiago Dantas.  A decisão foi tomada numa reunião há três meses entre a estrutura encarnada, com aval de Bruno Lage, treinador das águias.

 

Depois de ter jogado no Sporting, Nuno Tavares seguiu para o Casa Pia até aos iniciados. O Benfica já o conhecia e Pedro Ferreira, na altura coordenador da prospeção da Grande Lisboa, hoje atual chief scout das águias, avalizou a contratação. Nuno Tavares jogou, em 2018/2019, por três equipas: juniores, sub-23 e equipa B. Deu conta do recado em todos os escalões, o que lhe pode valer uma vaga no plantel da equipa principal para a próxima temporada. Com Yuri Ribeiro de saída, Nuno Tavares pode mesmo ser a alternativa a Grimaldo ou a quem o Benfica contratar se o espanhol sair. Alberto Moreno, em final de contrato com o Liverpool, é a hipótese mais bem colocada para o lado esquerdo da defesa.

 

Já Tomás Tavares, 18 anos, tem um trajeto quase completo no Benfica. Só lhe falta a equipa principal. O lateral-direito começou a jogar em 2010 nas escolinhas do clube. Dali fez o percurso habitual, até chegar ao Seixal: iniciados, juvenis e juniores. Em 2018/2019, tal como aconteceu com Nuno Tavares, Tomás jogou por sub-19 e sub-23. Não jogou pela equipa B, mas foi suplente não utilizado seis vezes.

 

Tomás Tavares e Nuno Tavares são dois dos jogadores mais consensuais na formação do Benfica. No lado direito da defesa há também João Ferreira, outro lateral com elevado potencial.

 

Ainda há a possibilidade de Tomás Tavares se apresentar a 1 de julho no início da pré-temporada do plantel principal. Mas os encarnados já contam com dois defesas para o flanco direito, o que retira espaço ao jovem encarnado. A André Almeida, titular indiscutível, junta-se Tyronne Ebuehi, nigeriano de 23 anos contratado no início da época passada. Ebuehi lesionou-se com gravidade no joelho esquerdo, mas está recuperado e pronto para uma oportunidade.
 

Ler Mais
Comentários (47)

Últimas Notícias