«Em 2013 não tinha nada que invejar Messi e Ronaldo»

Bayern Munique 15-06-2019 20:15
Por Redação

Frank Ribéry não irá esquecer o ano de 2013. No ano em que o Bayern Munique conquistou a Liga dos Campeões pela quinta vez do clube bávaro, alcançando um histórico triplete, o francês guarda uma má memória desse ano, depois de ter perdido a Bola de Ouro para Cristiano Ronaldo.

 

«Foi mais que uma deceção, foi a maior injustiça da minha carreira. Não só para mim, mas para muita gente. Fui o melhor nesse ano e fiquei em terceiro. Não tinha nada que invejar Messi e Ronaldo nesse ano. Digo-o com toda a humildade possível, porque é verdade», atirou.

 

Em termos percentuais, Ribéry terminou no lugar mais baixo do pódio, com 23,36% dos votos. Lionel Messi foi segundo, com 24,72% e Cristiano Ronaldo conquistou o prémio com 27,99%.

Ler Mais
Comentários (30)

Últimas Notícias

Mundos