Krasnodar oferece €6 milhões a Chiquinho

Moreirense 22-04-2019 09:45
Por Pedro Barros

O Krasnodar tem acompanhado atentamente a evolução do processo negocial de Chiquinho e está disposto a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para levar do Moreirense o talentoso médio criativo.


As informações que indicam a (re)aproximação do Benfica ao futebolista dos cónegos alertaram os dirigentes do clube russo e, preocupado com esse desenvolvimento, o diretor-geral Vladimir Khashig foi obrigado a marcar viagem de urgência para Portugal nos próximos dias par tentar superar e anular a proposta das águias.


Inicialmente, o Krasnodar avançou com a possibilidade de entregar ao presidente da SAD do Moreirense, Vítor Magalhães, um chorudo cheque no valor de nove milhões de euros para obter a anuência para a mudança do jogador, montante esse que os cónegos teriam de dividir em partes iguais com o Benfica, que detém metade dos direitos económicos do futebolista. Vladimir Khashig, segundo informações recolhidas por A BOLA, está na disposição de aumentar ligeiramente esta soma e, até, deixar expresso em papel que garantirá uma percentagem de um eventual encaixe financeiro numa futura venda do atleta.
salário de estrela


No entanto, a principal aposta do Krasnodar será, agora, captar as atenções de Chiquinho e cativá-lo sem lhe deixar mais margem para pensar. O dirigente russo tem autorização para oferecer ao centrocampista um ordenado verdadeiramente principesco: seis milhões de euros por uma assinatura num contrato válido para as próximas cinco temporadas (sensivelmente 1,2 milhões de euros por ano, mais ou menos 120 mil euros mensais). Quantia esta livre de impostos! Um vencimento que, em Portugal, apenas pode ser oferecido pelos três grandes e, mesmo assim, não é qualquer profissional ao serviço de FC Porto, Benfica e Sporting que aufere condições semelhantes... Só algumas das estrelas.


 

Ler Mais
Comentários (15)

Últimas Notícias