Maguire e Day tropeçam mas Trump segue em Gales

Snooker 11-02-2019 22:53
Por António Barroso

Escassas 21 horas após ter concluído a final do Grande Prémio Mundial, em Cheltenham, o inglês Judd Trump, de 29 anos, desde esta segunda-feira quarto do ranking mundial após o triunfo, domingo, dia 10 do corrente mês, nesse mesmo World Grand Prix, voltou à ação e venceu (4-0) diante do campeão europeu em Sófia (Bulgária), o compatriota Harvey Chandler, de 23 anos, 111.º da hierarquia, em jogo da 1.ª ronda do Open de Gales, que se iniciou neste dia e conclui domingo, na Motorpoint Arena, em Cardiff.

 

Com os 64 jogos da 1.ª eliminatória, ainda com 128 jogadores, divididos por dois dias (os restantes 32 encontros na terça-feira), outros dos crónicos favoritos passaram à segunda ronda. Caso, precisamente de John Higgins, agora quinto da hierarquia (ultrapassado por Judd Trump na atualização deste dia), de 43 anos, tetracampeão mundial (1998, 2007, 2009 e 2011), que não deu hipótese (4-0) ao compatriota escocês Graeme Dott, de 41 anos, 20.º da tabela mundial: só no terceiro parcial e já com uma hora de jogo este último, campeão mundial em 2006, conseguiu embolsar uma bola…

 

Se Judd Trump impressionou com fantástica bola preta embolsada de longa distância para arrebatar o terceiro parcial ante Chandler, já o campeão mundial em título (e tricampeão no Crucible, em 2000, 2003 e 2018), Mark Williams, de 43 anos, segundo do ranking, a jogar em casa ante o compatriota Kishan Hirani, de 26 anos, apenas 122.º da hierarquia, teve de se aplicar a fundo para vencer por tangencial 4-3. E já na sessão da noite, Mark Allen carimbou o passaporte para a próxima ronda, ante Mark Joyce (4-2).

 

Registos porventura mais inesperados deste primeiro dia, o desaire do escocês Stephen Maguire, de 37 anos, 13.º da hierarquia, ante o chinês Zhou Yuelong, de 21 anos, 31.º da tabela mundial (3-4), e de um dos ases da casa, o galês Ryan Day, de 38 anos, 17.º do ranking, pelo mesmo resultado (3-4) ante o tailandês Thepchaiya Un-Nooh, de 33 anos, 54.º do ranking.

 

Shaun Murphy (4-1 com Adam Stefanów) e Marco Fu (4-1 ante Tian Pengfei) também seguiram para a 2.ª eliminatória, que se jogará dia 13, quarta-feira. E referência especial para o suíço de ascendência portuguesa (a mãe, Florença da Câmara, é madeirense), Alexander Ursenbacher, que bateu o credenciado chinês Yan Bingtao, por 4-2, assim como para outro asiático, revelação do World Grand Prix, Yuan SiJun, de 18 anos, que venceu por expressivos 4-0 e promete continuar a surpreender na presente temporada...

 

O Welsh Open, quarta e última prova das Home Nations Series é um torneio da época 2018/2019 da World Snooker, pontua para o ranking e decorre de 11 a 17 do corrente mês, na Motorpoint Arena, em Cardiff, atribuindo £70 mil (€79.943) ao campeão (John Higgins defende o título conquistado em 2018) e um total de £366 mil (€417.989) de prémios.

 

Na terça-feira, dia 12, estreia-se em prova outros favoritos, caso do inglês Ronnie O'Sullivan, às 13 horas diante de Sanderson Lam, e do número um mundial, Mark Selby, na sessão noturna (19 horas), diante do escocês Anthony McGill. Mas também Ding Junhui, Barry Hawkins e Kyren Wilson se estreiam no Welsh Open, com naturais ambições.

 

Até aos oitavos de final, os jogos do Open de Gales, transmitido para Portugal (EuroSport), são à melhor de sete parciais: vitória para o primeiro jogador a ganhar quatro frames (de 4-0 a possíveis 4-3).

 

1.ª ronda do Open de Gales, jogos desta 2.ª feira (apurados a negro):

Li Yuan-Dominic Dale, 2-4

Soheil Vahedi-Chen Feilong, 4-0

Alfie Burden-Craig Steadman, 2-4

Sean O'Sullivan-Ken Doherty, 1-4

Sam Craigie-Mark King, 4-0

Chris Wakelin-Hammad Miah, 3-4

Stephen Maguire-Zhou Yuelong, 3-4

Ryan Day-Thepchaiya Un-Nooh, 3-4

John Higgins-Graeme Dott, 4-0

Tian Pengfei-Marco Fu, 1-4

Jak Jones-Matthew Stevens, 4-2

Robbie Williams-Rod Lawler, 4-0

Anthony Hamilton-Sam Baird, 4-0

Jamie Clarke-Matthew Selt, 2-4

Martin O'Donnell-Hamza Akbar, 4-0

Liam Highfield-Liang Wenbo, 3-4

Zhang Jiankang-Fan Zhengyi, 4-3

Alexander Ursenbacher-Yan Bingtao, 4-2

Allan Taylor-Yuan SiJun, 0-4

Shaun Murphy-Adam Stefanow, 4-1

Mark Williams-Kishan Hirani, 4-3

Michael White-Peter Lines, 2-4   

Jack Lisowski-Niu Zhuang, 4-3 

Judd Trump-Harvey Chandler, 4-0

Adam Duffy-Zhang Yong, 4-2 

Eden Sharav-Xu Si, 2-4    

Stuart Carrington-Noppon Saengkham, 3-4

Lukas Kleckers-Peter Ebdon, 4-0

Ashley Hugill-Hossein Vafaei, 3-4 

Mark Allen-Mark Joyce, 4-2

Ross Muir-Daniel Wells, 4-2

David Gilbert-Jimmy Robertson, 3-2 (em curso)

 

Restantes 32 jogos da 1.ª ronda, 3.ª feira:

Fergal O'Brien-Oliver Lines (10 horas)     

Ding Junhui-Chris Totten (10 horas)

Xiao Guodong-Duane Jones (10 horas)

Ricky Walden-Lee Walker (10 horas) 

Nigel Bond-Alan McManus (10 horas)

Scott Donaldson-John J. Astley (10 horas)     

Joe Swail-Li Hang (10 horas)

James Cahill-Gerard Greene (10 horas)

Joe O'Connor-Rhys Clark (13 horas)

Ronnie O'Sullivan-Sanderson Lam (13 horas)

Luo Honghao-Ian Burns (13 horas)

Mei Xi Wen-Michael Holt (13 horas)

Barry Hawkins-Sunny Akani (13 horas)

Lu Ning-Ben Woollaston (13 horas)

Michael Georgiou-David Lilley (13 horas)

Jimmy White-Andrew Higginson (13 horas)

Kyren Wilson-Andy Lee (14 horas)     

Stuart Bingham-Ali Carter (14 horas)

Gary Wilson-Robin Hull (14 horas)

Rory McLeod-Thor Chuan Leong (14 horas)

Lyu Haotian-Paul S. Davison (14 horas)

Zhao Xintong-Jackson Page (16.30 horas)

Mark Selby-Anthony McGill (19 horas)

Robert Milkins-Mike Dunn (19 horas)

James Wattana-Chen Zifan (19 horas)

Billy Joe Castle-Simon Lichtenberg (19 horas)

Luca Brecel-Kurt Maflin (19 horas)

Alex Taubman-Elliot Slessor (19 horas)

Ashley Carty-Tom Ford (19 horas)

Martin Gould-Zhang Anda (19 horas)  

Mark Davis-Joe Perry (20 horas)

Neil Robertson-Jordan Brown (20 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias