«Saída de CR7 do Real? As grandes equipas não dependem de um só jogador»

Real Madrid 11-02-2019 09:49
Por Redação

O antigo internacional holandês Clarence Seedorf concedeu, esta segunda-feira, uma entrevista ao jornal espanhol Marca, onde defendeu que a saídas de Cristiano Ronaldo e de Zinedine Zidane, complicaram a situação do Real Madrid, apesar de considerar que a saída do técnico francês terá tido um maior impacto no emblema madridista.

 

«Se o Cristiano Ronaldo ainda estivesse na equipa, o Real Madrid teria tido mais confiança em si mesmo, mas não acredito que os resultados tivessem sido muito diferentes. Provavelmente, a saída de Zidane terá tido um impacto maior», começou por referir, antes de justificar a sua opinião: «Mudou-se a metodologia de trabalho. Fosse quem fosse que o substituísse, teria precisado de fazer um trabalho especial para ter êxito imediato e superar as dificuldades iniciais.»

 

O ex-jogador do Real Madrid destacou ainda que o emblema merengue nunca dependeu de Cristiano Ronaldo, pois «é a equipa que marca a diferença».

 

«É a equipa que marca a diferença. É graças a como joga toda a equipa que o jogador individual é capaz de deixar a sua marca. Se não existem condições adequadas, um único jogador não marcará a diferença. Mesmo quando o Cristiano estava lá, o Real Madrid não era só o Cristiano. Ele foi decisivo num Real que jogava e pensava como uma equipa. As grandes equipas não dependem de um só jogador para ganhar os jogos», finalizou.

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias