«Perder por poucos não faz parte do meu cardápio»

Moreirense 18-01-2019 12:21
Por Redação

Ivo Vieira, treinador do Moreirense, deixou aviso ao Sporting na véspera de jogar em Alvalade para a 18.ª jornada da Liga.

 

«Perder por poucos não faz parte do meu cardápio. Vamos a Alvalade discutir o jogo. Acreditamos no nosso potencial, nas nossas ideias, e a estratégia passa por procurar vencer, sermos uma equipa atrevida e concentrada porque o Sporting tem muita qualidade. Tem boas individualidades, é forte taticamente e nas bolas paradas, e temos de estar preparados para tudo isso. A mensagem que passamos é que podemos conquistar pontos – vamos lutar por isso até à exaustão», disse em conferência de imprensa, assumindo que será difícil roubar pontos em Alvalade.

 

Fechada a primeira volta, a melhor da história do Moreirense (7.º com 28 pontos), Ivo Vieira não quer ficar por aqui: «Temos a nossa pressão, vamos a Alvalade pressionados para fazer o nosso melhor. A primeira volta ficou acima das expetativas, tinha traçado metas para 18 a 20 pontos, fizemos 28 foi fantástico. Se conseguirmos mais, melhor. Direcionamos isso para o jogo que é somar pontos, sem nos focar na pressão do Sporting para ganhar, mas temos de ser atrevidos. Vamos lutar pelo resultado. O que fizemos para trás não nos dará nada no futuro. Só o que faremos a partir de hoje pode dar pontos. Estamos perto do nosso primeiro objetivo (manutenção), mas ainda não está conquistado e temos de ser audazes. Quanto mais acima (na classificação), melhor. Mas com os pés assentes no chão.»

 

Ivo Vieira elogiou Marcel Keizer pela forma «positiva» como aborda o futebol e perspetivou um Sporting menos «comedido» do que aquele que foi diante do FC Porto: «É uma equipa muito ofensiva. Em casa, vai ser mais esse Sporting, com muitos jogadores na frente à procura do golo do que foi frente ao FC Porto. Estamos preparados para isso, gosto dessa forma de jogar. É mais atrativo. Quem fizer mais golos é quem leva vantagem. Vamos procurar ser nós. Não vamos esperar pelo que o jogo pode dar, mas sim o que podemos dar ao jogo. É bom para futebol português haver esta mentalidade.»

 

Sobre Ivanildo, defesa-central que está cedido pelo Sporting e, por isso, não pode ser utilizado: «Não costumo chorar pelos que não estão disponíveis. Vamos jogar com onze e preferido valorizar os que estão. Temos jogadores que andam à procura de espaço e poderão ter a oportunidade de mostrar o que podem dar à equipa. Vou para a luta com os que tenho, acredito nos jogadores que trabalham comigo.»

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias