Governo brasileiro apoia líder da oposição Juan Guaidó

Venezuela 12-01-2019 17:09
Por Redação

O governo brasileiro mostrou, este sábado, apoio incondicional ao líder da oposição, Juan Guaidó, atual presidente da Assembleia Nacional da Venezuela.

 

Guaidó, 35 anos, anunciou, recentemente, estar disponível para «assumir constitucionalmente» a presidência da Venezuela.

 

O Ministério das Relações Exteriores afirmou, em comunicado, que «o Brasil continua comprometido a ajudar o povo venezuelano a recuperar a liberdade e a democracia, e seguirá em coordenação com os demais atores imbuídos do mesmo propósito».

 

Também o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tinha-se manifestado contra a tomada de posse de Nicolás Maduro, não tendo marcado presença na cerimónia, que aconteceu na passada quinta-feira.

 

«O Governo brasileiro reitera a importância do respeito à integridade, autonomia e independência do Tribunal Supremo de Justiça legítimo da Venezuela», pode ainda ler-se no comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

 

Esta foi a resposta do governo brasileiro ao apelo de Guaidó, depois de ele ter solicitado ao povo, militares e comunidade internacional apoio para retirar Nicolás Maduro da liderança da Venezuela por, segundo o líder da oposição, «ter usurpado o poder executivo».

 

O governo de Bolsonaro já considerou o mandato de Maduro «ilegítimo».

Ler Mais

Últimas Notícias