Murray a caminho do fim: «A dor não pára»

Ténis 11-01-2019 09:37
Por Redação

O britânico Andy Murray não conteve as emoções na conferência de Imprensa para o Open da Austrália e admitiu que a sua carreira está a chegar ao fim e que se calhar não irá conseguir sequer chegar ao mítico torneio de Wimbledon, que era onde queria encerrar o seu percurso.

 

«Tenho estado a sofrer há muito tempo. Tentei todos os tipos de tratamentos, mas a dor não pára. Wimbledon era onde queria parar, mas não sei se consigo lá chegar. Não estou seguro que possa jogar em dor durante mais quatro ou cinco meses. Em dezembro disse à minha equipa que não consigo continuar. O Open da Austrália poderá ser o meu último torneio», afirmou Murray, em conferência.

 

O problema de Murray, de 32 anos, começou em janeiro de 2018, após ter sido operado à anca.

 

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos