Brahimi vai custar mais €6,5 milhões... quer renove ou saia

FC Porto 12-10-2018 15:27
Por Redação

Além de Héctor Herrera – Pinto da Costa confirmou que o mexicano pediu €6 milhões para renovar –, também Brahimi foi tema de conversa na apresentação das contas da SAD do FC Porto. É que é bem real o risco de os dois jogadores saírem sem gerar mais-valias para o clube, no final desta época. Uma possibilidade que, no entanto, parece não gerar grande preocupação.

 

«Para efeitos contabilísticos, é rigorosamente indiferente. Para ter feito as mais-valias desses jogadores, teríamos de lhes ter aumentado muito o vencimento - e isso teria sido um custo já hoje, não era amanhã- e, provavelmente, dar-lhes prémios de renovação. Ainda por cima, os jogadores que estão cá há muitos anos já estão a custo zero. Ou seja, um Brahimi ou um Herrera, se estão em fim de contrato, significa que já amortizámos completamente o valor pelo qual os adquirimos. Portanto, em termos contabilísticos é rigorosamente indiferente. Em termos financeiros pode não ser, mas isso é outra história...», afirmou, Fernando Gomes, diretor da SAD portista.

 

No caso do argelino, tal como A BOLA adiantou em agosto, o FC Porto terá de pagar 6,5 milhões de euros à Doyen, cenário previsto numa eventual renovação ou mesmo na possível saída a custo zero, pode ler-se no Relatório e Contas.

 

Isto, depois de a SAD ter investido €5,3 milhões entre a compra ao Granada, a alienação de 80 por cento do passe à Doyen e da recompra de 30 por cento.

Ler Mais
Comentários (42)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais