Ferrari troca Raikkonen por Leclerc

Fórmula 1 12-09-2018 17:42
Por José Caetano

Confirma-se: há fumo, há fogo! A Ferrari, cumprindo promessa de ex-diretor Sergio Marchionne, que morreu em julho, confirmou a troca de Kimi Räikkonen por Charles Leclerc na próxima temporada. O monegasco de 21 anos venceu a F2 em em 2017 e o GP3 em 2016. No ano de estreia na F1, o piloto do Alfa Romeo Sauber-Ferrari #22 tem revelado qualidades muito acima da média e encontra-se na 15.ª posição no Mundial de Pilotos, com 13 pontos. Em 14 G.P., como melhor resultado, 6.º no Azerbaijão.


A entrada de Leclerc na Scuderia coloca ponto final na carreira de Räikkonen na marca de Maranello, que conheceu duas fases: 2007-2009 e 2004-1018. Na 1.ª, logo no ano de estreia pelo emblema do cavallino rampante, o finlandês de 38 anos sagrou-se campeão do Mundo. Curiosidade: Kimi manter-se-á na F1 em 2019, com a Alfa Romeo Sauber-Ferrari.


É o regresso à casa de partida: em 2001, na estreia na F1, antes de representar a McLaren (2002-2006), Räikkonen representou a equipa suíça e terminou o Mundial na 10.ª posição. Frédéric Vasseur, diretor da escuderia, confirmou o acordo e a duração do contrato: «Dois anos. Esta contratação é importantíssima para o sucesso do nosso projeto. A experiência e o talento do Kimi permitir-nos-ão desenvolvimento muito mais rápido para conseguirmos resultados importantes, que contem».


Como a Ferrari detém direito de opção sobre o 2.º lugar na Sauber, antecipa-se a troca de Marcus Ericsson por Antonio Giovinazzi, italiano de 24 anos protegido da Scuderia.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais