Chilena Bachelet nova Alta-Comissária para os Direitos Humanos

ONU 10-08-2018 18:56
Por Redação

A Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) aprovou, esta sexta-feira, oficialmente a nomeação, anunciada na quarta-feira, da antiga presidente do Chile Michelle Bachelet como Alta-Comissária para os Direitos Humanos.

 

Por unanimidade e aclamação, os 193 Estados com assento na Assembleia-Geral apoiaram Bachelet, nomeada esta semana pelo secretário-geral da ONU, o português António Guterres, após consultas com os grupos regionais.

 

Michelle Bachelet, 66 anos, assumirá o cargo a 1 de setembro, por um período de quatro anos, sucedendo ao diplomata jordano Zeid Ra’ad Al-Hussein.

 

O cargo é considerado um dos mais complexos na ONU, e os seus titulares têm sido amiúde alvo de críticas e pressões de líderes internacionais.

 

Com esta nomeação, Bachelet regressa às Nações Unidas, onde foi, entre 2010 e 2013, a primeira diretora-executiva da ONU Mulheres.

 

A dirigente socialista foi presidente do Chile em dois períodos, entre 2006 e 2010 e entre 2014 e março deste ano.

Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais