Luís Neto impressionado com Bruno Fernandes

Sporting 16-07-2019 11:16
Por Eduardo Marques

Muito tem sido dito e escrito sobre a possível saída de Bruno Fernandes do Sporting neste defeso. Aparentemente indiferente à especulação, mantém-se o capitão de corpo e alma ao serviço dos leões. Espírito de compromisso que merece os aplausos de Luís Neto.

 

A equipa parece depender muito de Bruno Fernandes, quer no processo ofensivo mas também no defensivo. Vocês sentem isso, estão preocupados com a possibilidade dele sair?

 

Se existe algo que possa dizer sobre o Bruno… Atendendo ao que fez no ano passado, que é uma coisa assombrosa, números que possivelmente não voltam a ser repetidos em Portugal, o compromisso que ele tem desde o dia em que regressou… O normal em vários clubes são jogadores que não querem treinar-se ou começam a forçar a saída, entre outros tantos casos. É de louvar a sua atitude e ainda mais o que faz dentro de campo. O que vi na Suíça foi ele a preocupar-se se todos utilizam telefone na mesa, se estamos todos iguais, a que horas a gente sai, quem chega atrasado. A tendência de muitos jogadores, depois do que ele fez, é pensar que têm crédito ilimitado e podem fazer o que lhes apetece. Ele está completamente ao contrário. Se me perguntar se a sua saída seria uma grande perda para o Sporting, tenho a certeza que sim, mas enquanto ele estiver cá o compromisso é tremendo e ele é um jogador à Sporting, que dá tudo dentro e fora do campo. É incrível o tipo de compromisso que ele tem com a estrutura, com as pessoas, com o grupo, é uma questão de caráter. Eu preferia e queria que ele ficasse.

 

Sporting seria mais candidato com Bruno Fernandes?

 

Acho que somos mais fortes com o Bruno. Agora o mercado… e já tinha dito isto, é um sucesso que ele tem de lidar, é natural falar-se de clube A, B ou C. Mau era não ser falado depois do que ele fez no ano passado. Mas é bom ver a personalidade que ele tem enquanto cá está e não facilitar nem um milímetro.

 

Leia a entrevista na íntegra na edição impressa de A BOLA desta terça-feira

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (17)

Últimas Notícias

Mundos